quinta-feira, 22 de abril de 2010

Palavras


Insuficientes. Insignificantes.

Palavras?

Quando a tua alma me toca...

Quando o teu coração bate...

Quando sinto que nada mais existe...

Quando sinto que nada mais há a sentir...

Palavras?

Não.

Não existem palavras suficientes para te explicar o que sinto;

As palavras que conheço não conseguem ser assim tão importantes.

Uma pergunta...

A mesma pergunta...

Aquela a que não se encontra resposta...

'O que somos?'

E para completar...

'O que estamos a fazer?'

Não sei.

Olha-me nos olhos, pode ser que encontres respostas...

Mas nunca me olhes na boca;

Nunca te inclines sobre mim para ouvir melhor;

Nunca peças para repetir o que disse;

Porque não irei dizer uma palavra.

Palavras?

Insuficientes. Insignificantes.

Sem comentários:

Enviar um comentário