quinta-feira, 22 de abril de 2010

'Ah estás aqui?'


Incrédula, abro as Portas do Olimpo...

Pouso com firmeza os pés no chão;

Bato com a porta para me fazer ouvir.

Entre Deuses e Deusas conhecidos;
Entre Deuses e Deusas desconhecidos;

Eis-lo.

Deus da Rebeldia;
Deus da Inteligência;
Deus da Esperança.

Não dá pela minha chegada;

Curiosamente é o único que nem se quer se levanta do seu trono...

Porque o faria?

Concentrado na sua leitura, deixa toda a gente de parte;

Pede para não ser incomodado;

Chego-me a sua beira e Olho-o bem de frente.

Desviando os olhos da sua leitura,

Ele olha-me também e pergunta;

'Ah estás aqui?'

1 comentário: