sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Beszzzzzzzzzzzt*


Dizer o que sinto não sei, sentir o que digo é me impossivél...
se por vezes o que sinto eu digo, por vezes o que digo eu não sinto.
e nesta incerteza por vezes faço o que não sinto nem digo, faço o que penso.
e se o que penso vai contra o que digo e sinto, então aí penso em ti.
porque tu trouxeste-me a paz e a guerra.
a felicidade e a tristeza.
a intensidade e a mágoa.
eras em mim como o calor no Inverno ou o brisa no Verão...
e tudo perdeste por dizeres o que sentes, o que pensas e o que fazes.
e assim eu sei que a partir de agora sentirei a geada no Inverno e o calor no Verão...
deixas-me triste, mas segura.
deixas-me magoada, mas sincera.
deixas-me.... e eu ficarei aqui até deixar de poder sentir o calor, a brisa ou a geada...
2009

Sem comentários:

Enviar um comentário